Gestão Emocional- a arte de entender-se e entender o outro!

Gerir a emoção nunca foi uma tarefa fácil, ainda mais nesse momento de pandemia, no qual diversos aspectos inconscientes estão em ebulição dentro de nós, já que tivemos restrições de mobilidade e isolamento em casa.


Gestão emocional

É a arte de perceber, reconhecer e direcionar de forma saudável as nossas emoções. Apesar de ser um conceito simples, quando vamos para prática, torna-se mais complexo, porque entender o que estamos sentindo ou como o outro nos faz sentir exige de nós muito auto-conhecimento e coragem.

Estamos acostumados a culpar as pessoas ,as situações, a vida, mas esquecemos de observar o famoso "para quê, ou seja, para que isso está acontecendo comigo?, o que essa atitude do outro está despertando em mim?, São perguntas que devemos nos fazer constantemente, quando lidamos com situações que nos exigem gerir as emoções.

O que devemos entender é que ao lidar com qualquer situação, temos a escolha em ficar bravos ou apenas não reagir. Para isso, é importante saber que existem 2 tipos de comportamentos:

  1. Comportamento reativo- Aquele comportamento que age no piloto automático, por exemplo, alguém te fechou no trânsito e você xingou imediatamente aquela pessoa.

  2. Comportamento pró-ativo- Aquele comportamento que prioriza a solução ou o que chamamos do "bom caminho", ou seja, São escolhidas atitudes que tragam crescimento pessoal, por exemplo, na mesma situação do trânsito, você poderia escolher deixar aquela pessoa passar e se afastar para não causar um acidente.

Faz sentido para você? Sempre teremos uma escolha, certo?

O que acontece é que muitas escolhas que fazemos está escondida num lugar desconhecido, ou seja, o inconsciente. O que quero dizer com isso? Você sabe porque escolhe determinada roupa para sair ou ir para o trabalho? Você sabe porque gosta das coisas que gosta? Provavelmente irá responder que aprendeu com sua família, ou aprendeu na escola, enfim. Você aprendeu e esse aprendizado engloba tudo, tanto as boas experiências, quanto às más experiências e são elas que definem como nos comportamos. Afinal, não fomos ensinados por nossos pais a lidar com as emoções, portanto esse é um exercício do adulto.

Conseguimos gerir nossas emoções quando as situações param de nos afetar, ou por ser conhecida ou por não causar mais medo, estranheza, ou qualquer dificuldade para lidar com ela. Então, o que podemos entender? Que gerir a emoção tem a ver com preparo interno, adquiri conhecimento sobre si mesmo, entender o que te afeta, quais situações te tiram do equilíbrio e como agir para melhorar, separar o que é seu e o que é do outro, pois o que o outro te diz não é uma verdade, até que você acredite.

O que posso te aconselhar, é que aprofunde no seu autoconhecimento, conheça as emoções que mexem com você, adquira recursos internos para lidar e seja feliz! Você pode conseguir sozinho, lendo livros ou fazendo terapia, ou também com uma boa conversa com pessoas que confia.


Aqui embaixo, indico algumas leituras para ajudá-los:


- Inteligência Emocional -Daniel Golemam

- Armadilhas da mente- Augusto Cury

- Acorda pra vida - Paulo Rocha


Por: Paulo Rocha

www.paulorochasoul.com







9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo