Os 7 pilares para um relacionamento saudável


Sabemos que nos relacionar não é fácil, embora nos traga muitos ensinamentos, prazeres e conquistas. Acreditamos que para nos relacionarmos precisamos construir uma fórmula mágica, mas na prática muitas vezes não funciona. O motivo disso refere-se ao fato de que somos seres humanos complexos e carregamos conosco vários aspectos subjetivos, ou seja, nem todo dia nos sentimos bem, nem todo dia estamos amando com a mesma intensidade e assim não conseguimos atuar com eficácia nesta fórmula.

Na verdade criamos muitas expectativas e idealizamos um relacionamento perfeito, só que a perfeição de um relacionamento consiste em 3 pilares:

  1. Confiança- Precisamos confiar no parceiro(a) que está ao nosso lado, o que nos traz liberdade dentro de um relacionamento e segurança. Não dá para confiar, desconfiando ou quando é do nosso interesse. Precisamos nos entregar na relação até que provem ao contrário.

  2. Diálogo Franco- A confiança só acontece quando conhecemos de fato quem está ao nosso lado, e isso só ocorre quando conversamos, nos abrimos e trazemos nesse diálogo: verdade e transparência. É importante que conversem sobre tudo, afdmde estreitar a relação cada vez mais.

  3. Lidar bem com as fases do relacionamento- Quando casamos, acreditamos que viveremos um conto de fada, portanto passamos a dividir uma vida que possui diversas interfaces, como: filhos, trabalho, vida financeira, realizações pessoais, sonhos individuais e tudo isso influencia tanto positivamente quanto negativamente, o que será ditado pela maneira como lidamos e como fortalecemos nossos laços de casal. Precisamos saber que nem sempre o casamento será maravilhoso, porém se o amor existe, conseguimos passar por cima da dificuldade.

  4. Coerência de valores- Para termos um relacionamento saudável, precisa-se que os valores do casal estejam em harmonia ou consonância, porque não adianta um lado valorizar a família e o outro valorizar os amigos e assim um desejará estar sempre entre familiares e o outro estará no bar com os amigos. Isso com o tempo leva o casal para caminhos distantes.

  5. Parceria e dedicação- Esses dois ítens são de extrema importância, porque quando somos parceiros e nos dedicamos ao relacionamento, colhemos bons frutos sobre isso, pois um casal que se ajuda, que se preocupa com o outro, amplia sua intimidade.

  6. Intimidade Emocional- A intimidade não se dá apenas pelo sexo, mas sim pela capacidade em que o casal tem de se abrir emocionalmente um para o outro, trazendo a verdade para a essência de cada um, como também a compreensão da outra parte.

  7. Relação sexual- Achamos que ao casar faremos amor e não sexo e muitas vezes, isso frustra o casal, porque há momentos em que o sexo irá esquentar a relação e há momentos que fazer amor trará acolhimento para a relação. O importante é que a relação sexual seja bem resolvida entre o casal e isso é favorecido pelo diálogo e pela intimidade.

Como disse anteriormente, não há fórmula mágica ou receita pronta, pois devemos respeitar a individualidade existente em cada relacionamento, afinal quantas vezes pedimos um amor carinhoso, dedicado, perfeito e quando arrumamos, achamos ele(a) grudento(a).

Por mais que não consigamos "engessar"um relacionamento, devemos perceber que o relacionamento saudável, não está livre de sofrimentos, mas a tratativa para os fatos devem ser feitos com amor e respeito por ambas as partes.


Paulo Rocha

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo